quinta-feira, 28 de julho de 2016

Obras na Job Lane

Agora a obra está na reta final. A previsão é que os trabalhos que prejudicam a circulação de veículos na rua Job Lane sejam concluídos na próxima semana.
(foto das máquinas)

Como anda a Lei Cidade Limpa?

Infelizmente vimos cada vez com mais frequência nossa cidade  emporcalhada pelas propagandas  penduradas em postes, apesar de a Lei Cidade Limpa, tão festejada quando implantada, ainda estar em vigor. Os maus cidadãos que usam deste artifício ilegal colocam os baners e as placas cada vez mais altos para que os cidadãos cumpridores da lei não possam retirá-los. Não se acomode, ligue para o número da placa e avise que estes objetos irregulares o incomodam e peça para que sejam retirados. Avise que você e seus amigos não farão uso de serviços ou produtos anunciados desta forma que tanto prejudica a cidade. Caso o infrator não tome providências, ligue e insista com a Subprefeitura de sua região para que o faça, como é, aliás, sua obrigação.  Vamos tomar atitudes corretas. Nossa cidade merece!
                                                        (Foto do poste na Job Lane)

COMGAS - PROJETO SOBRE GÁS NATURAL

A Comgas esta estudando uma ampliacão da rede de gas natural para residencias e prédios residenciais. Como parte desse projeto esta procurando identificar a demanda por esse tipo de recurso na nossa região. Os moradores e síndicos de condomínios  podem se comunicar com nossa secretaria  para manifestar seu interesse através dos  emails:


sababv@altodaboavista.org.br      
                      ou   
 secretaria.sajape@gmail.com


Finalizada etapa de escavações da Linha 5-Lilás do Metrô de São Paulo


Sistema terá 20 km de extensão e será integrado às linhas 1-Azul e 2-Verde.
Luísa Cortés, do Portal PINIweb
13/Julho/2016

Foi concluída, na semana passada, a etapa de escavação do Lote 7 da Linha 5-Lilás do Metrô de São Paulo. Foram 5,8 km percorridos pelo equipamento Shield APB, mais conhecido como Tatuzão. A máquina partiu do Poço dos Bandeirantes em direção Poço de Ventilação e Saída de Emergência Dionísio da Costa, a aproximadamente 400 metros da Estação Chácara Klabin, na zona Sul.

A próxima etapa da obra deve ser de desmontagem da máquina, que exigirá o uso de guindastes e pórticos, além das carretas que realizarão o transporte das peças.
A construção é executada pelo Consórcio Metropolitano 5, formado pelas construtoras Odebrecht Infraestrutura, Queiroz Galvão e OAS.
Após concluída, a Linha 5-Lilás contará com 17 estações ao longo de 20 km. Haverá a integração com a Linha 1-Azul na Estação Santa Cruz, e com a Linha 2-Verde na Estação Chácara Klabin. A demanda estimada da obra é de aproximadamente 781 mil passageiros por dia e contará com 34 trens em operação no pico.

Campanha pelo plebiscito para grandes obras

                                    
                                            Queremos decidir os rumos da cidade!


No dia 22 de junho a Câmara Municipal de São Paulo aprovou o Projeto de Lei (PL) 476/2015, que prevê a convocação de plebiscitos para que a população decida sobre a realização de uma grande obra na cidade.

São muitas as obras em São Paulo (em especial as privadas), que são acordadas entre empreiteiras, construtoras e a Prefeitura sem a devida transparência. Por conta disso, o objetivo do PL 476 é exatamente o de quebrar com essa relação por vezes danosa, que não conta com a participação da população e gera imensos prejuízos à qualidade de vida e ao meio ambiente.

Não por acaso a cidade de São Paulo tem um histórico grande de diversas intervenções urbanas públicas e privadas que geram pouco ou nenhum benefício para a população. O impacto do déficit de democracia na cidade é profundamente grave e o prejuízo para os munícipes e para a qualidade de vida, enorme.

O PL do Plebiscito prevê a possibilidade de a população ser formalmente consultada para que opine sobre obras de elevado valor orçamentário e de grande impacto ambiental. Confere à cidade um instrumento importante para que os cidadãos possam tomar parte ativamente das decisões na metrópole e foi construído de forma totalmente coletiva, em dezenas de encontros e reuniões abertas.

 À Prefeitura, o projeto foi apresentado em 2015 e, desde então, o Prefeito Fernando Haddad concedeu diversas declarações públicas de que era favorável à implementação de mecanismos de democracia direta na cidade e que, mais especificamente, apoiava a lei do plebiscito. Entretanto, no dia 20 de julho último, mesmo já tendo conhecimento do texto há meses e contrariando os anseios e as expectativas da sociedade civil, o Prefeito vetou integralmente o Projeto de Lei, que agora retorna para a Câmara de Vereadores de São Paulo.

Convidamos todas as organizações da sociedade civil, coletivos e movimentos sociais a apoiarem a campanha "Queremos decidir os rumos da cidade! Queremos Plebiscito para grandes obras em São Paulo", pedindo para que os(as) vereadores(as) derrubem o veto do Prefeito e mantenham o texto original do PL do Plebiscito.

Contamos com seu apoio para que a população paulistana tenha o direito de participar ativamente das tomadas de decisão para o futuro de São Paulo.

Para apoiar a campanha  clique aqui

Rede Nossa São Paulo - Julho/2016

Consulte o Caderno para Discussão Pública do Plano Municipal de Habitação!


Assessoria de Imprensa
Secretaria Municipal de Habitação
Tel: 3322-4695/ 3322-4697

quinta-feira, 21 de julho de 2016

Convite da Rede Nossa São Paulo - "Apresentação da nova Plataforma e carta-compromisso do PCS aos pré-candidatos à Câmara Municipal de São Paulo" 

Prezado(a) parceiro(a) da Rede Nossa São Paulo,

A Rede Nossa São Paulo e o Programa Cidades Sustentáveis têm o prazer de convidá-lo para participar do evento de apresentação da nova plataforma do Programa Cidades Sustentáveis,  que está alinhada aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas, e da carta compromisso para os(as) pré-candidatos(as) ao Legislativo nas eleições de 2016. O evento será realizado no dia 28 de julho, quinta-feira, das 9h30 às 12h30, no Salão Nobre da Câmara Municipal de São Paulo (Viaduto Jacareí, 100, 8º andar - Bela Vista).
No encontro, todos(as) os(as) pré-candidatos(as) a vereador(a) participantes serão convidados a assinar a carta compromisso. Também promoveremos uma reflexão sobre o futuro de São Paulo e o papel dos vereadores na construção de uma cidade mais justa, democrática e sustentável.
Ao assinar o documento, o postulante a vereador(a) concorda, caso eleito(a), em adotar as diretrizes dos 12 eixos do Programa Cidades Sustentáveis, os princípios da transparência e a austeridade nos gastos públicos como norteadores do seu trabalho, combater a corrupção e monitorar a execução do Programa da Metas da Prefeitura.
Confira  aqui   a carta compromisso do Programa Cidades Sustentáveis para os(as) candidatos(as) ao Legislativo.
O Programa Cidades Sustentáveis é uma iniciativa de três organizações da sociedade civil - Rede Nossa São Paulo, Rede Social Brasileira por Cidades Justas, Democráticas e Sustentáveis e o Instituto Ethos -, que oferece uma agenda completa de sustentabilidade urbana, um conjunto de indicadores associados a esta agenda e um banco de práticas com casos exemplares nacionais e internacionais como referências a serem perseguidas pelos municípios.
Atualmente, o Programa Cidades Sustentáveis conta com aproximadamente 300 cidades signatárias, dentre elas 22 capitais e o Distrito Federal.
Para confirmar presença  clique aqui . Caso seja candidato(a), por favor, registre esta informação no formulário.
Agradecemos a atenção e contamos com a presença de vocês no evento.
Mais informações sobre a Rede Nossa São Paulo e o Programa Cidades Sustentáveis acesse:   www.nossasaopaulo.org.br/   e  www.cidadessustentaveis.org.br/ 
 
Atenciosamente,
Oded Grajew
Coordenador Geral da Rede Nossa São Paulo e do Programa Cidades Sustentáveis

Córrego Canumã - Obras da SABESP

 E a obra no córrego da Canumã continua avançando. 
 Na semana passada foi implantada a elevatória. Dentro dela foi fixada a bomba que irá fazer o bombeamento do esgoto para o coletor da SABESP."

Consulta pública para elaboração dos Planos Regionais das Subprefeituras


Participe da consulta pública para elaboração dos Planos Regionais das Subprefeituras

Depois do Plano Diretor e do Zoneamento, é hora de revisar os Planos Regionais das Subprefeituras. Para isso, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (SMDU) está disponibilizando uma consulta pública online na plataforma Gestão Urbana. O objetivo é identificar características e definir estratégias de desenvolvimento para diversos pontos da cidade, por meio da melhoria das calçadas e da iluminação pública, implantação de área de lazer e priorização de pedestre, por exemplo.

Conheça o que está sendo discutido, comente, faça suas propostas e apoie as contribuições de outros moradores.
Clique aqui  para saber mais ou acesse a ferramenta.

 

Apresentação do filme: APART HORTA

                                                                              
                                                  ASSOCIAÇÃO COMERCIAL DE SÃO PAULO


                                                                       CONVITE

A Distrital Sul da ACSP, com o compromisso de conservação do meio ambiente, através de seu Grupo Ambiental, que faz parte dos temas essenciais para a gestão da entidade, convida a todos para a exibição do filme "APART HORTA", da diretora Cecília Engels.

O filme conta a história da baiana Nazaré, que vai a São Paulo pela primeira vez para visitar seu irmão Natanael, que vive na cidade há oito anos. Natanael tem um estilo de vida voltado ao trabalho, já Nazaré vive uma relação saudável com as pessoas, a natureza e a alimentação. Aos poucos trazendo seu axé e cultivando alimentos no apartamento, Nazaré germina a transformação no ambiente da vida de Natanael e do prédio em que ele vive.

Direção: Cecília Engels / Duração: 55 min / Ano: 2015  / País: Brasil / Classificação Indicativa: Livre

SERVIÇO:

Data: 26 de julho de 2016 (terça-feira)

Horário: 19 horas

Local: SESC Santo Amaro - Rua Amador Bueno, 505 - Santo Amaro, São Paulo - SP


Inscrição:  clique aqui


Informação: 11 3180-3946 / 3947 ou email:  dsul@acsp.com.br

quinta-feira, 14 de julho de 2016

Poder e sociedade - artigo de Oded Grajew

A sociedade brasileira não deveria ser manipulada pelos interesses dos partidos políticos. A fragmentação e a divisão não interessam ao país

 Ao longo dos últimos meses, o debate político tomou conta da sociedade brasileira. Houve discussões acaloradas entre amigos, familiares, companheiros de trabalho, vizinhos. Em muitas ocasiões, essas contendas geraram mágoas e até rompimentos de laços afetivos que foram construídos ao longo do tempo. Como foi possível chegarmos a este ponto?

Quem tem um mínimo conhecimento sobre o funcionamento do mundo político sabe que a cultura dominante é a da competição, da luta pelo poder. A lógica que impera na maioria das decisões e estratégias partidárias é a da conquista e permanência no poder.

No processo eleitoral, é principalmente o marketing que orienta os discursos e programas, não os princípios éticos e programáticos. No poder, políticas públicas são efetivadas já pensando no seu impacto nas próximas eleições. A oposição faz de tudo para prejudicar o governo e o governo atua da mesma forma para deslegitimar a oposição.

É verdade que temos honrosas (embora raras) exceções, especialmente em partidos com baixa perspectiva de governar. À medida que crescem, muitas vezes a lógica da luta pelo poder passa por cima da ideologia e dos princípios.

É verdade também que esta não é uma realidade exclusivamente brasileira, mas de todas as democracias. Entretanto, em países nos quais há uma legislação mais amadurecida do sistema político -com democracia participativa, controle de abusos e transgressões e educação pública de qualidade para todos-, essas disputas são confrontadas por limites civilizatórios.

A lógica da maioria da sociedade é outra. As pessoas querem que governos se preocupem em melhorar as condições de vida. Querem ter trabalho e moradia decentes, segurança, educação e saúde de qualidade, acesso ao lazer e à cultura. Querem conviver em paz com suas famílias, seus amigos, companheiros e vizinhos.

Aos partidos políticos interessa cooptar a sociedade para a sua lógica e transformar os cidadãos em instrumentos de sua luta. É assim que governos conseguem mandar seus cidadãos para morrer nas guerras. É assim que justificam a construção de muros e barreiras alimentando o ódio entre pessoas, povos e religiões.

A sociedade brasileira não deveria ser manipulada, cooptada, consciente ou inconsciente, pelos interesses de poder dos partidos políticos. A fragmentação e a divisão não interessam ao país.

As energias e o empenho de todos devem ser canalizados para exigir, daqueles que são eleitos para representar o povo, cumprimento das promessas de campanha, honestidade na gestão dos recursos públicos, reformas para tornar nosso sistema político mais ético, democrático e participativo, além de políticas públicas que se preocupem em reduzir as desigualdades e melhorar as condições de vida da população e das futuras gerações.

Prevalecendo a lógica da sociedade sobre a lógica de poder dos partidos políticos, poderemos ter um Brasil mais justo, democrático e sustentável.

ODED GRAJEW, 72, é coordenador-geral da Rede Nossa São Paulo e do Programa Cidades Sustentáveis e presidente emérito do Instituto Ethos. É idealizador do Fórum Social Mundial. Foi presidente da Fundação Abrinq e assessor especial do presidente da República em 2003 (governo Lula)

Artigo publicado na Folha de S. Paulo - Tendências/Debates.

Reclamação - Buracos nas ruas


À Subprefeitura de Santo Amaro:

Há mais de quatro meses nas ruas do bairro Chácara Santo Antonio o que mais se ve são buracos: Rua São Sebastião, desde o cruzamento com as Avenidas Vereador José Dinis e Santo Amaro até a Rua Thomas Deloney. Rua Dr. Jose A. Bustamante, Rua Chafic Maluf, Rua Joergf Bruder até Av. Chucri Zaidan, ao lado do shopping Market Place.
Acrescendo ainda, o grande número de buracos e ondulações contínuas no asfalto nas Ruas Com. Elias Zarzur,desde seu final na R. Job Lane até o término do muro da SABESP esquina com a R. Graham Bell.
Peço urgentes providências da subprefeitura de Santo Amaro.

Arq. Jose Luiz Ferreira Fleury de Oliveira

O Arq. Fleury é morador do bairro Alto da Boa Vista e colaborador da sababv

quinta-feira, 7 de julho de 2016

Convite | Encontro Água Boa em São Paulo - 19 de julho


PDUI - convite à primeira Audiência Municipal do Plano Metropolitano

Como resposta à necessidade de se pensar o desenvolvimento das cidades para além das divisas de cada administração municipal e poder enfrentar os desafios metropolitanos, aprovou-se em janeiro de 2015 o Estatuto da Metrópole – Lei Federal nº 13.089/15. Legislação essa criada com o objetivo de nortear a gestão e a ação das distintas entidades federativas que compõem as regiões metropolitanas e aglomerados urbanos. O Estatuto ainda determina que esses conjuntos devem aprovar, em até três anos, o Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado (PDUI). É nesse cenário que a cidade de São Paulo já começa a trabalhar no desenvolvimento do Plano Metropolitano, o PDUI, em um Fórum Interfederativo, composto pelos outros 38 Municípios da região e o Governo do Estado de São Paulo.
Considerando a relevância do desenvolvimento deste Projeto de Lei para a construção de um planejamento integrado à escala metropolitana, convidamos a Sociedade Civil a participar de Audiência Municipal Mobilizadora, a ser realizada nesta terça-feira – 12/07. O encontro tem o intuito de iniciar a discussão do Plano junto a Sociedade Civil e, para tanto, apresentará as principais questões relacionadas ao PDUI e o seu processo de elaboração.

Acesse o site Gestão Urbana para maiores informações:
http://gestaourbana.prefeitura.sp.gov.br/marco-regulatorio/pdui/

 Informações sobre Audiência Municipal Mobilizadora:
Data: 12 de julho – terça-feira.
Local: Auditório da Uninove – Campus Memorial
Endereço: Avenida Doutor Adolpho Pinto, 109 - Barra Funda, São Paulo – SP
Horário: 19h às 21h

Guilherme Filocomo

Assessoria de Pesquisa Aplicada e Fomento
Secretaria    de    Desenvolvimento   Urbano
Prefeitura     Municipal     de     São    Paulo
(11)3113-7709 - guilhermefilocomo@prefeitura.sp.gov.br