quinta-feira, 30 de junho de 2016

Obras na rua Job Lane

Quem passou pela rua Job Lane, na altura do córrego,  a partir do dia 28  de junho ficou com certeza mal humorado com o transtorno da obra ali realizada, causando afunilamento no trânsito e morosidade no fluxo de veículos que sobem a rua. Há, no entanto, grandes motivos para comemorar porque é uma obra relativamente rápida e tem como finalidade a despoluição do córrego da Canumã, como é conhecido. De salientar que esta obra é fruto da insistência da SAJAPE junto à SABESP para que o esgoto seja desviado para o coletor ao invés de ser despejado no córrego.  A duração desta obra é prevista para terminar em 30 dias. Quem quiser saber mais detalhes pode entrar em contato com a SAJAPE pelo telefone 3854-7372, por e-mail ou pelo próprio blog.   


quarta-feira, 29 de junho de 2016

Divulgação: Ciclo de Diálogos Resíduo Zero - 2º Encontro


Palestra: "Os desafios da Segurança em São Paulo"


                                              ASSOCIAÇÃO COMERCIAL DE SÃO PAULO


                                                                           CONVITE


                             A Associação Comercial de São Paulo - Distrital Sul convida para a palestra:



                                                "OS DESAFIOS DA SEGURANÇA EM SÃO PAULO"

                                                                           Principais Tópicos:
                                        - A cidade é nossa: reflexões sobre a sensação de pertencimento;
                                        - O controle da violência pela participação comunitária;
                                        - Vizinhança e Segurança

                                        Palestrante: Cel. P.M. Luiz Eduardo Pesce de Arruda
Mestre e Doutor em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública pelo Centro de Altos Estudos de Segurança da Polícia Militar, como Diretor de Ensino, coordenou o planejamento do treinamento de 7.000 PMs para atuarem na Copa do Mundo, atualmente é assessor do Deputado Cel. Camilo, na Assembléia Legislativa de São Paulo.

                                     Data: 06/07/2016 (quarta-feira)                Horário: 19 horas
                       Local: Auditório da Distrital Sul - Av. Mário Lopes Leão, 406 - Santo Amaro

                                                     Faça sua inscrição, acesse 
esse link
                 Em caso de dúvidas ou maiores esclarecimentos, entre em contato pelos telefones:
                                                                    (11) 3180-3946/3947 



quinta-feira, 23 de junho de 2016

Imagens valem mais que mil palavras....


Fio partido que foi amarrado a uma altura que pode servir ou de varal ou causar um acidente a passante incauto.Local: Ministro Roberto Cardoso Alves entre R. Fraternidade e Irineu marinho.





Tampa de boca de lobo na R. Ministro Roberto Cardoso entre a Mal. Deodoro e a Graham Bell


Fios partidos amarrados em uma árvore - Min.Roberto Cardoso entre a Fraternidade e  Irineu Marinho.

Maria, o mundo está com febre!

O fogo incontrolável. A árvore que não floresce, a fruta que seca no pé. O peixe sem alimento. O rio sem peixe. As enchentes invadindo as roças, afogando lavouras. As andorinhas que sempre anunciam a chegada das chuvas e, agora, desaparecem.

Essas frases resumem alguns dos relatos dramáticos de 80 lideranças indígenas, quilombolas e extrativistas presentes no Encontro Florestas e Energia realizado por nós do Instituto Socioambiental (ISA) em Brasília, há poucos dias. Compartilhamos visões e desafios para, juntos, fortalecermos estratégias de adaptação e enfrentamento das mudanças climáticas. Afinal, os povos da floresta sentem os impactos e consequências das alterações do clima em seu cotidiano de forma direta.

Precisamos da sua ajuda! Temos que seguir com o nosso trabalho de conscientização da sociedade com iniciativas como o Encontro Florestas e Energia. Além disso, continuar com a nossa forte atuação no campo em parceria com indígenas, quilombolas e extrativistas. Filie-se ao ISA e junte-se a nossa luta! Basta acessar o site https://filiacao.socioambiental.org

Assista abaixo vídeo-resumo do evento e saiba mais sobre como foi o Encontro Florestas e Energia






 Contamos com você!

Abraços,


André Villas-Bôas
Secretário Executivo
Instituto Socioambiental - ISA



Mais informações sobre o ISA.
 Dúvidas ou comentários, ligue (11) 3515 8938 e fale com Ariel Gajardo ou escreva paraariel@socioambiental.org.


                                                 

Lançamento do Mapeamento dos Remanescentes de Mata Atlântica no Município de São Paulo


quarta-feira, 15 de junho de 2016

UMAPAZ PROGRAMAÇÃO VEGETARIANISMO E MEIO AMBIENTE


CONVITE



A Associação Comercial de São Paulo - Distrital Centro-Sul tem a honra de convidá-lo(a) para a palestra: 

"EXPERIÊNCIA DE GESTÃO MUNICIPAL"


Palestrante:
Andrea Matarazzo
Vereador eleito em 2012, Secretário de Cultura(2010-2012), Secretário de Coordenação das Subprefeituras de São Paulo(2007-2009), Subprefeito da Sé(2005/2007), Secretário Municipal de Serviços(2005/2006), Embaixador do Brasil na Itália(2001/2002), Ministro-Chefe da Secretaria de Comunicação da Presidência da República(1999/2001), Secretário de Energia do Governo do Estado de São Paulo(1998), Presidente da Companhia Energética de São Paulo - CESP(1995/1998), Secretário de Política Industrial do Ministério da Indústria, do Comércio e do Turismo(1992/1993) e Assessor Especial do Ministério da Educação e Cultura(1991/1992).


Data: 16 de junho de 2016 - (Quinta-feira)
Horário: 19h30
Local: Auditório da Distrital Centro-Sul - Avenida Santa Catarina, 641 - Vila Santa Catarina

Em caso de dúvidas ou maiores esclarecimentos, entre em contato através dos telefones:
11 3180-3818 / 3919  ou pelo e-mail: dcentrosul@acsp.com.br

 Vagas limitadas!

Colabore com nossa Campanha do Agasalho: doe um agasalho em boas condições de uso

quinta-feira, 9 de junho de 2016

quinta-feira, 2 de junho de 2016

CONVITE - 1ª Feira de Troca de Sementes e Propágulos

A Secretaria do Verde e do Meio Ambiente e a UMAPAZ convidam todos a comemorar o dia Internacional do Meio Ambiente, dia 5 de junho, domingo a partir das 9h,  participando da 1ª Feira de Troca de Sementes e Propágulos e atividades culturais.
                                           
 Sugerimos que tragam alimentos e bebidas saudáveis para compartilhar, pois este é o espirito deste evento!


Assembleia garante regularidade da Ciranda

Sajape e Sababv fazem parte da Ciranda - Comunidade e Cidadania, a OSCIP que congrega associações de moradores atuantes na área da Subprefeitura de Santo Amaro. Por meio da Ciranda, as associações têm representação em diversos fóruns participativos da prefeitura e do estado, podendo não só pleitear recursos através de projetos, mas também formalizar parcerias com órgãos públicos.

Assim como as duas entidades, a Ciranda mantém sua documentação e seus compromissos fiscais sempre atualizados. Cumprindo o que reza seu estatuto, realizou no dia 24 de maio a Assembleia Ordinária de eleição da diretoria e dos Conselhos Fiscal e Consultivo.

Conselho Participativo (CP) de Santo Amaro cria Grupos de Trabalho
O CP de Santo Amaro é composto por 24 representantes dos três distritos cobertos pela nossa Subprefeitura: Campo Belo, Campo Grande e Santo Amaro (que leva o nome da Subprefeitura).

Para agilizar as ações e formalizar propostas, o CP criou Grupos de Trabalho em diversas áreas de atuação, um dos quais tem o objetivo de aprimorar os procedimentos de fiscalização. Este GT de Fiscalização é coordenado por uma representante da Ciranda, e a primeira reunião de trabalho aconteceu em nossa sede, no último dia 19 de maio. As propostas serão submetidas ao plenário do CP e ao Subprefeito.

CADES discute a defesa da Mata Atlântica
Em sua reunião mensal, o Plano Municipal de Conservação e recuperação da Mata Atlântica foi apresentado ao CADES - Conselho de Desenvolvimento Ambiental vinculado à Secretaria de Meio Ambiente -, que conta com uma representante da Sajape. Em um momento em que o desmatamento volta a crescer em todo o país, a implementação de medidas de proteção torna-se urgentíssima, mas a proposta ainda está em estágio inicial.
   
Acompanhe as atividades da Sajape e da Sababv. Associe-se.
Fones 3854 7372 e 5532 1367

CBN - SEU BAIRRO, NOSSA CIDADE - SP (2016)

 Repórteres da rádio CBN visitarão Santo Amaro amanhã, dia 3,  como parte do programa Seu Bairro - Nossa Cidade. O objetivo é  denunciar o que anda mal em nosso bairro.
 Para mais informações, clique no link : ouvintes.sp@cbn.com.br

Debate sobre o sistema político da Suécia: uma reflexão oportuna para o Brasil atual - 08/06

Um país onde os políticos andam de ônibus e bicicleta, carregam seu computador pessoal para o trabalho, cuidam da casa e da própria roupa, cozinham e vivem modestamente em apartamentos funcionais de 18 metros quadrados. E onde um deputado, por exemplo, ganha apenas 50% a mais do que um professor primário. 

Essa é a realidade da Suécia, uma nação pobre até o início do século XX e que hoje está entre as mais justas, sustentáveis, transparentes e democráticas do mundo.

Para apresentar e discutir como a sociedade sueca conseguiu se estruturar para manter esse sistema político, que não prevê excelências nem mordomias aos representantes do povo e que facilita a ampla participação da sociedade, convidamos o Consul Geral da Suécia, Renato Pacheco Neto, para um encontro no próximo dia 8 de junho.

Reflexão mais do que oportuna diante da atual conjuntura política no Brasil.

Após a apresentação será aberta a palavra para perguntas do público.

A iniciativa é da Rede Nossa São Paulo, do Instituto Ethos, da Rede de Ação Política pela Sustentabilidade (RAPS),  e do Consulado da Suécia em São Paulo.

Participe!

Serviço:
Debate sobre o sistema político da Suécia: uma reflexão oportuna para o Brasil atual
Data: dia 8 de junho de 2016, quarta-feira
Horário: das 10h às 12h
Local: Sesc Vila Mariana - Rua Pelotas, 141 - Vila Mariana (Estação do Metrô mais próxima Ana Rosa)



Faça aqui sua inscrição!


Obrigada,

Secretaria Executiva da Rede Nossa São Paulo

Dados do Atlas da Mata Atlântica


A Fundação SOS Mata Atlântica e o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) divulgam nesta quarta-feira (25) os novos dados do Atlas dos Remanescentes Florestais da Mata Atlântica, no período de 2014 a 2015, na semana em que se comemora o Dia Nacional da Mata Atlântica (27 de maio). A iniciativa tem o patrocínio de Bradesco Cartões e execução técnica da empresa de geotecnologia Arcplan.

O estudo aponta desmatamento de 18.433 hectares (ha), ou 184 Km², de remanescentes florestais nos 17 Estados da Mata Atlântica no período de 2014 a 2015, um aumento de apenas 1% em relação ao período anterior (2013-2014), que registrou 18.267 ha.


Minas Gerais voltou a ser campeã de desmatamento. Crédito das imagens: SOS Mata Atlântica / INPE
Minas Gerais, que vinha de dois anos de queda nos níveis de desmatamento, voltou a liderar o desmatamento no país, com decréscimo de 7.702 ha (alta de 37% na perda da floresta). A vice-liderança fica com a Bahia, com 3.997 ha desmatados, 14% a menos do que o período anterior. Já o Piauí, campeão de desmatamento entre 2013 e 2014, ocupa agora o terceiro lugar, após reduzir o desmatamento em 48%, caindo de 5.626 ha para 2.926 ha.

A exemplo dos últimos anos, os três estados se destacam no ranking por conta do desmatamento identificado nos limites do Cerrado. O Piauí abriga o município Alvorada do Gurguéia, responsável pela maior área desmatada entre todas as cidades do Brasil. Entre 2014 e 2015, foi identificado decremento florestal de 1.972 hectares no local. Os municípios baianos de Baianópolis (824 ha) e Brejolândia (498 ha) vêm logo atrás, seguidos pelas cidades mineiras de Curral de Dentro (492 ha) e Jequitinhonha (370 ha), localizadas na região conhecida como triângulo do desmatamento, que abriga ainda Águas Vermelhas (338 ha), Ponto dos Volantes (208 ha) e Pedra Azul (73).

Em Minas, a principal perda de florestas foi da atividade de mineração. Um fato marcante foi o registro de um desmatamento de 258 hectares na cidade de Mariana, 65% deles (169 ha) decorrentes do rompimento de uma barragem em novembro do ano passado. Há cerca de três semanas, a Fundação SOS Mata Atlântica entregou relatórios de desmatamento do município e de qualidade da água do Rio Doce a uma comitiva formada pelo Ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, pelo prefeito de Mariana, vereadores e autoridades locais, durante visita à região. Mapas compilados em parceria com o Inpe mostraram o impacto do maior desastre ambiental já ocorrido na Mata Atlântica. Acompanharam também a visita a Associação Mineira de Defesa do Ambiente (Amda), representantes do movimento Mar e Serras de Minas, da Samarco e de movimentos de comunidades locais. Porém, a maior parte do total de desmatamento no estado aconteceu na região de Jequitinhonha, no noroeste do estado, denominado Triângulo do desmatamento.

Além de Minas Gerais, Piauí e Bahia, o Paraná também se encontra em estado de atenção. Enquanto os três primeiros lideram a lista geral, o Paraná foi o que apresentou o aumento mais brusco, saltando 116%, de 921 ha de florestas nativas entre 2013-2014 para 1.988 ha no último período. O retorno do desmatamento nas florestas com araucária é o principal ponto de alerta, responsável por 89% (1.777 ha) do total de desflorestamento no estado paranaense no período 2014-2015. Restam somente 3% das florestas que abrigam a Araucaria angustifolia, espécie ameaçada de extinção conhecida também como pinheiro brasileiro.

Os dados completos e o relatório técnico poderão ser acessados no servidor de mapas http://mapas.sosma.org.br