quinta-feira, 30 de julho de 2015

SAJAPE defende melhor aproveitamento dos Ecopontos

Em sentido horário: Osvaldo Gois e Samuel de Oliveira (  AMLURB),  Olga Saias (SAJAPE), Edison Oliveira e  Patricia Blauth (Menoslixo),  Cristina Antunes ( de costas,presidente da SAJAPE).




A SAJAPE recebeu hoje, em sua sede social,  os representantes da AMLURB - Autoridade Municipal de Limpeza Urbana, senhores Samuel de Oliveira  gerente do Departamento  de Planejamento e Desenvolvimento,  e Osvaldo Gois  coordenador de Programa.
O encontro foi solicitado pela nossa associação para discutir assuntos ligados aos Ecopontos.
Defendemos a  idéia de que os Ecopontos podem  e devem ser melhor aproveitados.
 - Porque  não implantar nos Ecopontos o processamento de resíduos orgânicos - compostagem?
 - Porque  não liberar, para pessoas interessadas, materiais ali descartados que atualmente vão para os aterros, como por exemplo, madeiras, móveis, vasos, terra, etc.?
Vários aspectos foram levantados no decorrer deste encontro. Os representantes da AMBLURB demonstraram bastante interesse, concordaram com os pontos levantados, dispuseram-se  a  estudar o assunto e nos dar um retorno



Lombofaixa na Rua Breves: mais segurança para todos compensa os transtornos durante a obra.


quinta-feira, 16 de julho de 2015

Reportagem Agência Pública / Rio Tietê

                                                     Tietê, um rio de sujeira e contradições  

    Responsável pelo projeto de despoluição do rio, a própria Sabesp joga esgoto sem tratamento em seu
    leito. Bilhões de dólares e 23 anos depois, verbas para saneamento são reduzidas em meio à crise de
    abastecimento, gerando dúvida se metas serão cumpridas.
    Por Giulia Afiune e Jessica Mota

    A luta para que a SABESP  execute a obra de despoluição do córrego do Cordeiro não tem fim, e a  
    SAJAPE precisa de muito fôlego para agüentar a inércia da empresa pontuada pelas várias mudanças no
    plano de ação previamente estabelecido.
    Para se inteirar do processo que se arrasta pelo menos desde 2011  não deixe de ler esta interessante
    matéria. Clique aqui : www.apublica.org/projeto-tiete                     



    








Oficina: Conhecendo a estrutura botânica de uma árvore



http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/meio_ambiente/servicos/escola_de_jardinagem/noticias/index.php?p=198411















Oficina: Vamos fazer um Terrário

http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/meio_ambiente/servicos/escola_de_jardinagem/noticias/index.php?p=198411

Convite : Audiência Pública


quarta-feira, 8 de julho de 2015

Metrô - Comunicado Importante Linha 17-Ouro

Aos moradores e comerciantes lindeiros
às futuras instalações da Linha 17–Ouro do Metrô / Monotrilho

O Metrô de São Paulo e o Consórcio Monotrilho Integração, responsável pela implantação da Linha 17-Ouro em sistema Monotrilho, informam que, a Rua Américo Brasilense será interditada para o trânsito e estacionamento de veículos no período entre 08/07 e 30/07. A interdição, necessária para o alteamento de rede elétrica, se dará entre a Rua Antônio José Borges e Av. Nações Unidas (Marginal Pinheiros).

Haverá mudanças no tráfego de veículos da região, com desvios a serem implantados pela CET (anexo).

Durante a interdição, não será permitido o estacionamento nas seguintes ruas:
Rua Bento de Matos, no sentido da rua da Paz;
Rua Antonio José Borges, em ambos os sentidos.

No período das 22h de 08/07 às 7h de 09/07 haverá a necessidade de jornada noturna de trabalho para a instalação dos equipamentos, que só podem ser transportados após às 22h, devido às suas grandes dimensões.

Durante os trabalhos poderá ocorrer suspensão de fornecimento de energia elétrica na região.

Mais informações:

Metrô
Coordenadoria de Atendimento à Comunidade - CAC
3371 7525 (Claudia), 3371 7521 (Elizabete) e
3371 7519 (Vera) horário comercial
www.metro.sp.gov.br

Central de Relacionamento com a Comunidade Linha 17-Ouro
Rua Bernardino de Campos, 1624
5041 2610 – de segunda a sexta das 8h às 17h
sac@consorciomonotrilho.com.br

Agradecemos a compreensão e permanecemos à disposição.

Consórcio Monotrilho Integração


Companhia do Metropolitano de São Paulo - METRÔ

terça-feira, 7 de julho de 2015

Palestra: Floresta Urbana



SABABV - Lei de zoneamento, dê sua opinião!

Prezados senhores,

recebemos vários e-mails de vizinhos com dúvidas de como se manifestarem a respeito da nova proposta de lei de zoneamento para a Rua São Benedito no site da Câmara:  http://www.camara.sp.gov.br/zoneamento/

O site é bem didático. É só clicar no ícone Participe, escolher o ícone Título II que trata das Zonas e depois seguir as instruções do Site:

Passe o mouse sobre o artigo desejado. (pode ser o 5º, 9º ou 10º)

1. Um balão vermelho de comentários aparecerá ao lado esquerdo superior.
2. Clique no balão e preencha os campos.
3. Envie seu comentário.
4. Em seu comentário é necessário identificar o local o qual deseja se manifestar pelo nome do bairro ou rua de sua proposta.

Ainda a esse respeito, para acabarmos com as dúvidas sobre a permissão ou não de comércio na Rua São Benedito, aqui temos um pequeno histórico explicando as Leis de Uso e Ocupação do Solo, que desde 1971 tratam daquela área. Isto quer dizer que só os imóveis comerciais que estão instalados desde antes da lei de zoneamento e que não modificaram sua razão social estão legalizados nesses quarteirões da rua São Benedito.

Gostaríamos de explicar que a Rua São Benedito tem 11 quarteirões. Desses 11 quarteirões temos os 2 quarteirões, que vão da Rua Conde de Itú até a Rua Isabel Schimidt, que são comerciais desde a década de 1970 e seu uso não deve ser confundido com os 9 quarteirões restantes, que vão da Rua Conde de Itú até à Rua Américo Brasiliense e que sempre foram considerados, pela Legislaçao de Uso e Ocupação do Solo, como ESTRITAMENTE RESIDENCIAIS.

Em 1980, a Lei Municipal 9.049, alterou o perímetro da Z1/022. Também criou os Corredores de uso especial Z8-CR6, onde se incluiu a Rua São Benedito:

Com essa mudança, NÃO HOUVE ALTERAÇÃO DE “USO”, estritamente residencial, o que houve foi a permissão para a construção de prédios residenciais, de um dos lados da rua, com até 12 metros de altura. O zoneamento da Rua São Benedito mudou de nome, mas permaneceu o mesmo do plano e leis anteriores.

Em 2004, a Lei Municipal 13.885/04 (novo Plano Diretor do Município) mudou as siglas usadas anteriormente. Assim temos: O lado impar da Rua São Benedito passou a ser chamado de ZER-3/02 (zona estritamente residencial, com permissão de aumento de densidade, ou seja, construção de prédios). Já o lado par, permaneceu estritamente residencial.


A mudança de zoneamento proposto pela atual prefeitura não se justifica pelo argumento de vocação e nem será uma solução para os pequenos comerciantes que se encontram lá hoje em dia e que equivocadamente estão com a ilusão que a nova lei será uma segurança de estabilidade.

A rua será certamente descaracterizada pelo incentivo à instalação de novos comércios, estabelecimentos de ensino em todos os graus, supermercados, hipermercados, hospitais, hotéis, buffets, casas noturnas, locais de culto, depósitos, postos de gasolina, e industrias .Tudo funcionando quase 24 horas, sem limite de horário para carga e descarga e com uma limitação de ruído bem generosa (para o emissor).

Seria muito ingênuo de nossa parte achar que esses pequenos comerciantes sobreviverão à fúria imobiliária incentivada pela nova lei de uso e ocupação de solo.

E os moradores, que são a grande maioria dessas quadras, foram consultados?


  E vocês, o que acham disso?


  Manifestem-se!!

   Abraços,

SABABV – Associação de Moradores do Bairro Alto da Boa Vista
SAJAPE – Associação de Moradores dos Jardins Petrópolis e dos Estados
CIRANDA – Comunidade e Cidadania


sajape@sajape.org.br / sababv@altodaboavista.org.br
Telefones: 5532-1367 e 3854-7372
Blog: http://blogmaisacao.blogspot.com.br
Sede: Av. Adolfo Pinheiro, 2464 – cj. 33

Palestra: Cuidados com as orquídeas no inverno


sexta-feira, 3 de julho de 2015

Projeto de Lei de Uso e Ocupação do Solo (PL 272/15) - Lei de Zoneamento

Em reunião promovida pelo Movimento Defenda SP, foram criados grupos de trabalho para encaminhar propostas conjuntas formuladas pelas associações, com sugestões para aprimorar o texto do PL que está na Câmara dos Vereadores. Representantes da Sajape e da Sababv estiveram presentes mais uma vez, e participam de dois dos grupos criados.

Na reunião mensal da Ciranda, que congrega 15 associações de moradores de Santo Amaro, as entidades associadas apresentaram suas reivindicações de mudanças e/ou adequações do Projeto de Lei (PL 272/15), que serão incorporadas ao conjunto de propostas a ser encaminhado aos vereadores.

Convidamos todos os moradores a ler o PL e encaminhar suas sugestões. Caso seja aprovado como está, o novo zoneamento adensará os corredores e suas áreas lindeiras, trazendo graves consequências à nossa região, e, sem dúvida, a toda a cidade. A participação de cada um é fundamental para a defesa de nossos bairros.

O PL está disponível no site da Secretaria Municipal de Planejamento e Desenvolvimento Urbano. - http://gestaourbana.prefeitura.sp.gov.br/arquivos-do-pl/

Lombofaixa na Rua Breves, uma demanda antiga finalmente em execução

Na reunião na Subprefeitura, quando o subprefeito se comprometeu a executar a obra da lombofaixa na travessia entre os dois setores do Parque do Cordeiro, e que deve levar 15 dias, ficou acertado que a concretagem seria feita em duas etapas, para deixar ao menos metade da pista livre para o tráfego. Essa solução não evitaria todos os transtornos, mas seria menos ruim do que impedir totalmente a circulação. No entanto, fomos surpreendidos com a interdição total da via na altura da entrada do parque.

Para saber o motivo da mudança desse plano, entramos em contato com engenheiro  Eduardo, responsável pela obra. Ele informou que não foi possível fazer em etapas por questão de segurança dos próprios funcionários: contou que, ao fazer a vistoria do local para programar os trabalhos, ele mesmo quase foi atingido por um carro que subia a Breves em velocidade. Além desse problema, devido à largura da via, seria preciso uma área de trabalho maior do que a metade da pista.

Os resultados hão de compensar o transtorno

É claro que o transtorno será mesmo muito grande, mas para termos essa lombofaixa teremos que  encarar esses 15 dias da obra. A concretagem deve ser feita nesta sexta-feira, e a cura talvez demore não mais que dez dias. Os outros dias serão para pavimentação e sinalização. E o Eduardo ficou de verificar com a CET, que tem que fazer a sinalização, se essa programação está confirmada.

A esta altura, acho que temos que considerar que pelo menos um dos nossos pleitos está sendo atendido, após anos de empenho. E vamos continuar cobrando ações para conter os motoristas na contramão.

quinta-feira, 2 de julho de 2015

Férias! Recomendações importantes

Prezados Vizinhos,

As férias de julho começaram, e se forem  deixar a casa sozinha por um período,  é sempre bom relembrarem algumas dicas de segurança da Polícia Militar para evitarmos surpresas desagradáveis.

A comunidade trabalhando unida em um sistema de cooperação mutua,com uma participação ativa e integrada aos organismos policiais é uma das formas mais eficazes de prevenção.

Cautelas com sua casa:

-Comece a prevenção a crimes certificando-se de que sua residência estará protegida enquanto você
estiver fora. O segredo é fazer com que sua casa aparente estar habitada;
-Tenha certeza de que todas as portas e janelas estão funcionando e fechadas;
-Reforce portas, portões e janelas com trincos, trancas e cadeados internos;
-Nas áreas externas, não deixe ferramentas e escadas, elas podem ser usadas para arrombamento;
-Examine os pontos vulneráveis de sua casa. Se possível, instale dispositivos de segurança, como alarmes,
sensores de presença, reforço à tranca normal de janelas e portas, etc;
-Uma boa opção de reforço para as janelas e colocar na parte interna um pedaço de madeira ou outro
  material que impeça sua abertura;
-Ative sistemas de segurança que você tenha instalado;
-Suspenda correspondências e jornais dos quais você tenha assinatura ou peça para que alguém de sua
 confiança recolha-os diariamente;
-Dificulte o acesso ao interior de sua residência, trancando as portas de todos os cômodos e recolhendo 
  as    chaves;
- Evite deixar sua casa toda apagada ou também manter luzes acesas diuturnamente.
  Procure instalar lâmpadas com foto-célula;
-Televisores e rádios podem ser programados para ligarem e desligarem em alguns horários;
-Peça para que um vizinho estacione em sua garagem, especialmente à noite;
-Não deixe chaves reservas escondidas embaixo de tapetes, dentro de vasos, sobre batentes de portas, etc;
-Não informe seus planos de viagem a pessoas que você acabou de conhecer ou próximo a pessoas
  estranhas;
-Telefone para alguém de sua confiança de vez em quando, para saber se está tudo bem e tenha sempre o
  telefone  de um vizinho em caso de alguma necessidade;
-Nas ausências prolongadas, peca a um parente para visitar sua casa, para  demonstrar a presença de
  pessoas (abrindo janelas, regando jardins,entrando com carro na garagem, etc.);
-Não deixe jóias ou dinheiro dentro de casa, mesmo que seja em cofre. Utilize cofre de bancos;
-No caso de residências com jardim na frente, contrate alguém para mantê-lo limpo, evitando o aspecto de
  abandono;
-Só deixe a chave com pessoas de absoluta confiança;
-Evite colocar cadeados do lado externo do portão. Isso pode denunciar sua saída;
-Desligue a campainha. Assim, você deixa em dúvida quem usá-la apenas para verificar se você está em
  casa;
-Se você deixar um cachorro para cuidar do local, é recomendável que ele seja treinado para não comer
  alimentos jogados no chão;
-Ao chegar procure identificar a presença de pessoas estranhas, antes de desembarcar de seu veículo ou
  entrar em sua casa;
-Caso existam sinais de arrombamento não entre em casa;
-Cuidado no momento de descarregar seu veículo

Rede Nossa São Paulo: Aviso importante: Audiência Pública no dia 06/07


Prezad@s integrantes e parceiros da Rede Nossa São Paulo,

A Rede Nossa São Paulo e o Instituto Saúde e Sustentabilidade lançaram o "Manifesto em defesa das áreas verdes de São Paulo", com foco no debate sobre a nova lei de zoneamento uso e ocupação do solo. A proposta da legislação foi enviada pelo Executivo à Câmara Municipal e, neste momento, passa por uma série de audiências públicas.
Para avançarmos nessa luta, estamos mobilizando esforços para reivindicarmos nossa pauta na audiência publica que será realizada em 6 de julho, segunda-feira próxima, na Câmara Municipal , no Salão Nobre, 8º andar, das 19h às 22h.
Mais informações podem ser obtidas em:  http://www.camara.sp.gov.br/zoneamento/agenda

Contamos com seu apoio na divulgação e com sua participação na audiência, para que tenhamos força para abordar a questão das áreas verdes e impedir que a lei de zoneamento desobrigue o poder público municipal de preserva-las.
Não podemos perder essa chance de contribuir com uma lei de extrema importância para os rumos da cidade!
Participe!

Agradecemos a atenção,
Secretaria Executiva da Rede Nossa São Paulo
WWW.nossasaopaulo.org.br
Missão: mobilizar diversos segmentos da sociedade para, em parceria com instituições públicas e privadas, construir e se comprometer com uma agenda e um conjunto de metas, articular e promover ações, visando uma cidade de São Paulo justa e sustentável

Palestra: Jardins amigos da fauna silvestre

http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/meio_ambiente/servicos/escola_de_jardinagem/noticias/?p=198588

SABABV - S.O.S. Rua São Benedito

Prezados vizinhos,

Nos ajudem a divulgar e usem o "hashtag" 

#sosruasaobenedito

#prefeituradesaopaulo

S.O.S. Rua São Benedito
                  Escrevam suas opiniões no site da Câmara: http://www.camara.sp.gov.br/zoneamento/

Palestra: Árvores

http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/meio_ambiente/servicos/escola_de_jardinagem/noticias/index.php?p=198419