quarta-feira, 21 de abril de 2010

Pauta para próxima reunião

Solicitamos que os moradores enviem suas sugestões para a pauta da próxima reunião, que acontecerá na segunda semana de maio.

Quem quiser, pode mandar suas sugestões para o e-mail: secretaria@sajape.org.br ou postá-las nesse blog em forma de comentário.

Ata: 12/Abr/2010

Presentes: Lica/ Guilherme/ Lurdinha/ M.Elvira/ M. José/ Ferrua/ José Eduardo/Olívia/Mônica Hamada/Prezia/ Cecília Maia/Sylvio/ M.Auxiliadora/Heloisa Bizzo/ Audrey / Rodrigo Almeida/Mônica Tilly

Lica deu início aos trabalhos pedindo a todos que se apresentassem. Em seguida, Olívia levantou o assunto da casa na Miranda Guerra onde continuam acontecendo ritos religiosos que incomodam os vizinhos. Falou que o assunto já foi discutido com o delegado e está sendo tratado também no CONSEG-Santo Amaro. Aparentemente, alguma providência já foi tomada por aqueles órgãos pois, de acordo com informação de vizinhos, o último final de semana foi tranquilo.

Zé Eduardo comentou que o caso da loja de plantas continua problemático. Os donos estão tomando algumas das devidas providências e estão sendo multados em quatro mil reais por mês. Já foi aberta a entrada pela Vicente Rao. Segundo opinião da Olívia a regularização é possível mas bastante demorada.

Parque do Cordeiro: Guilherme comentou sobre o resultado da votação (5x4) dos conselheiros do Parque à favor da implantação do projeto da SERTRI. Lica leu o oficio enviado pela CIRANDA ao Sr. Eduardo Jorge — Secretário da Secretaria do Verde e Meio Ambiente — e a resposta encaminhada por ele. Aparentemente, o secretário está de acordo com a implantação do projeto.

Lica sugeriu, e foi apoiada, que se marque uma reunião específica para tratar sobre o assunto do parque e quais deverão ser as medidas das associações.
Na sequência, Lica comentou sobre a remoção de árvores que deve ocorrer nos dias 18 e 19 de abril na Vereador José Diniz. Inicialmente a subprefeitura removeria 18 árvores, mas com a intervenção da SAJAPE junto à SVMA o número foi reduzido para nove.

Olga comentou sobre as propostas do projeto que a Ciranda vem desenvolvendo com recursos do FEMA/SVMA. O projeto engloba três subprojetos: um que analisa a ocupação do entorno dos córregos de nossa região e propõe soluções; outro que identifica áreas públicas ocupadas indevidamente e para as quais se propõe a criação de áreas de lazer (já foram identificadas cinco áreas públicas e três ruas apropriadas por moradores); e o último subprojeto trata do desmatamento em nossos bairros e apresenta propostas para resolver o problema. Segundo resultados obtidos, cerca de 70% da vegetação original existente nos bairros Alto da Boa Vista e Jardim Petrópolis já deixou de existir.

Guilherme comentou sobre a reunião que teve recentemente com o novo Subprefeito de Santo Amaro – Sr. Ailton Brandão. O objetivo da reunião foi apresentar a Associação ao novo subprefeito e posicioná-lo/pedir providências sobre vários casos pendentes, tais como: enchentes que acontecem regularmente no Alto da Boa Vista e imediações; Fundação Casa; uso indevido do parque Alto da Boa Vista; problemas de tráfego nas ruas Mal. Deodoro e outras; ambulantes no bairro; poda de árvores etc.
Foram comentados cada um dos assuntos e quais as providências tomadas ou que deverão ser tomadas.

A Sra. Maria Auxiliadora aproveitou a oportunidade e fez um breve relato sobre os objetivos da associação São BeneditoLegal, a qual ela pertence.

Discutidos estes assuntos, deu-se a reunião por encerrada.

Ata: 08/Mar/2010

Presentes: Cristina/ Olívia/ Lica/ Cecília/ Guilherme/ Ferrua/ Mª José/ Marco Milani

Lica deu inicio aos trabalhos às 20h15 passando a palavra para Olívia que discorreu sobre alguns casos de assalto ocorridos em nossa região.

Com relação ao caso da casa nº 425 da Miranda Guerra (rituais de macumba), Olívia disse que a seu pedido uma pessoa de seu conhecimento foi ao local, aparentemente para ter uma consulta, e conversou com a moradora que disse que faz trabalhos inclusive com o sacrifício de animais.

Falou-se muito sobre este caso e ficou combinado a associação oriente os vizinhos a chamar a polícia no momento em que os trabalhos estiverem sendo realizados e providenciem um B.O. na delegacia.

Morador da Heron Domingues relatou o assalto que sofreu em sua residência em um domingo, às 12h30.

Cristina propôs que a SAJAPE/SABABV enviem e-mail aos moradores, sugerindo a todos aqueles que sofreram assalto e que têm processo em aberto que cobrem posição da polícia civil — os desdobramentos do inquérito policial — para verificar se os bandidos foram identificados. É possível que os assaltantes que atuam no bairro sejam de uma mesma quadrilha.

Sobre a reunião com o Metrô, Cristina disse que foi apresentado o projeto de desvio que seria feito para as obras do trecho entre José de Anchieta e Conde de Itu. A Adolfo Pinheiro terá mão somente no sentido bairro-centro, e todos os ônibus serão desviados para a Antonio Bento e a Mário Lopes Leão, portanto a previsão é de caos na região.

Foi marcada reunião com o Douglas, da Subprefeitura, para quarta-feira, dia 10, para discussão de processos de fiscalização. Com esta reunião pretende-se retomar a rotina que foi interrompida quando a Norma resolveu juntar todas as associações em um mesmo horário para o acompanhamento dos processos de cada uma, o que obviamente não deu certo.

Cristina comentou o caso da casa das flores e sua sugestão de fazer-se reunião com o proprietário, Sr. Luiz, para discutir as possibilidades para solucionar o problema.

Na sequência, Cecília discorreu sobre a reunião com uma representante do jurídico da imobiliária Bamberg, a respeito do e-mail de um morador sobre uma potencial remoção de árvores, e sobre orientação aos corretores para evitar problemas de irregularidades de uso e ocupação do solo nos nossos bairros.

Comunidade Protegida: Lica informou aos presentes que já tem o orçamento para execução da obra na Ana Catharina Randi. Agora é preciso conseguir um patrocinador. Fonte Petrópolis e Bradesco serão consultados.

O Morador Marco Milani demonstrou grande interesse em repicar o projeto em sua imediação.

Nada mais tendo a discutir, deu-se a reunião por encerrada.

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Corredor de ônibus Marginal-Diadema: reunião das associações com a EMTU

Para quem não sabe, o corredor de ônibus Marginal Pinheiros - Diadema está esperando a conclusão das obras há mais de 20 anos. Agora, o Ministério Público determinou que a Prefeitura conclua a obra até o final do mês de julho deste ano.

A EMTU, em reunião anterior na sede das associações, revelou que serão instalados tróleibus nessa via, o que exigirá mais adequações da pista, pois serão necessárias instalações elétricas para o funcionamento dos transportes.

As associações SABABV e SAJAPE, representadas por dois de seus moradores, reuniram-se com o coronel José Renato, da Ouvidoria da EMTU; o sr. Alberto Horta, engenheiro responsável pela obra do corredor; o sr. José Jacques Yazbek, superintendente de engenharia e obras da EMTU; e o sr. Luiz Felipe, engenheiro que acompanhou a obra enquanto estava sob a responsabilidade do Metrô, no dia 23 de março deste ano para ouvir e entender as providências para a implantação e a abertura desse corredor.

Serão 18 pontos de parada e cinco estações de transferência, a saber: Parque do Nabuco, Washington Luiz, Vicente Rao (na altura da Ademar Queirós de Morás), Santo Amaro e Largo Los Andes.

As paradas serão módulos de estrutura metálica com cobertura de policarbonato em forma de abóboda.

Ainda há muitos problemas sem solução, como o acesso à estação Morumbi da CPTM na altura do Largo Los Andes. Embora o melhor acesso seja por debaixo da ponte Morumbi, o Market Place ocupa a via. Há fortes indícios de que o TAC e/ou as diretrizes de polo gerador desse shopping não tenham sido cumpridos. As associações comprometeram-se a investigar em que situação essa área pública está sendo ocupada.

A instalação das paradas e o recapeamento da pista exclusiva dos ônibus são simples e se a obra dependesse só disso, o prazo seria facilmente cumprido. Contudo, segundo o engenheiro Alberto, há outras intervenções que não estarão prontas até o dia 31 de julho, prazo máximo concedido pelo promotor Naum para a conclusão da obra. A instalação das galerias para a rede de transmissão de dados, que envolve também a infraestrutura para CET, Ilume, sinalização e rastreamento dos ônibus é uma delas.

A quantidade de intervenções solicitadas pela CET é outro problema. Dentre as que mais afetam o nosso bairro, está a que pretende desapropriar parte do EcoPonto para fazer uma alça de retorno, eliminando o que já existe na frente do Carrefour na Vicente Rao.

sexta-feira, 9 de abril de 2010

Pauta: Reunião aberta aos moradores - 12/abr/2010

Nossa próxima reunião será na segunda-feira, 12 de abril, às 20h. A pauta segue abaixo:

- Usos irregulares:
- ritos religiosos na Miranda Guerra
- lojas de plantas na esquina da rua Ademar com a av. Prof. Vicente Rao
- Parque do Cordeiro: situação atual sobre propostas de ONG e OSCIP
- Propostas do projeto FEMA
- Assuntos diversos.

As reuniões ocorrem sempre na sede das associações no endereço:
Rua das Sempre-vivas, 77